Débora Falabella marca presença no evento de lançamento de ‘Aruanas’ em Lisboa

0
50

Alexandra Carvalho, secretária-geral do Ministério do Ambiente, abriu o evento e dirigiu algumas palavras aos presentes para falar sobre a importância da preservação do ambiente e defesa de um mundo mais sustentável para as gerações vindouras. “Aquilo que acabamos de ver foi muito poderoso. Esta série toca em todos os aspectos relacionados com as preocupações ambientais, é impressionante. ‘Aruanas’ vai ter um impacto enorme, tenho a certeza”.

O lançamento de ‘Aruanas’ em Portugal também contou com a presença de organizações internacionais que são referência na área de Meio Ambiente e Direitos Humanos, além de jornalistas, influenciadores e mercado publicitário. A série conta com o apoio de mais de 28 ONG’s em todo o mundo, entre as quais o Greenpeace. Nilo D’Ávila, do Greenpeace Brasil, também esteve em Lisboa e falou sobre esta parceria: “Vivemos uma urgência climática no mundo, esse é um tema muito sério. As cenas que acabamos de ver são muito impactantes. Espero que ‘Aruanas’ desperte o público mais jovem para essas questões”.

Pedro Neto, Diretor Executivo da Amnistia Internacional Portugal, outra das ONG’s que apoia a série, comentou a importância de debater estes temas.“A série ‘Aruanas’ é muito pertinente e muito atual. Dou os parabéns a todos os envolvidos por isso”, avaliou.  

Criador, autor e co produtor de ‘Aruanas’, Marcos Nisti falou aos presentes sobre a mensagem da série para o público: “Lisboa foi a terceira cidade escolhida para o lançamento internacional de ‘Aruanas’ e é um prazer estar aqui. O tema levantado pela série merecia ser falado. Esperamos alertar o público para esse tema através da ficção”.

“O facto de Lisboa ter sido escolhida como uma das cidades, a par de Nova Iorque e Londres, para o lançamento internacional de ‘Aruanas’ demonstra uma vez mais a importância estratégica que Portugal tem para a Globo. Esta série é um projeto de extrema importância para a nossa empresa, não só pela sua qualidade, mas também pelo tema que é tratado. A defesa do ambiente é um assunto cada mais vez mais presente no nosso quotidiano”, frisou Ricardo Pereira, diretor da Globo em Portugal.

Escrita por Estela Renner e Marcos Nisti, com a colaboração de Pedro de Barros, a série tem direção artística de Carlos Manga Jr. e direção geral de Estela Renner. ‘Aruanas’ é uma coprodução entre Globo e Maria Farinha Filmes. No Brasil, a série é original Globoplay, plataforma de streaming do Grupo Globo. A produção foi lançada em mais de 150 países, com legendas em 11 idiomas: inglês, espanhol, francês, italiano, alemão, holandês, russo, árabe, hindi, turco e coreano. A série está disponível em em todo o mundo através de aruanas.tv, um ambiente powered by Vimeo, onde pode ser comprada por 12,90 dólares. De julho a outubro, 50% das vendas serão doadas para uma iniciativa de proteção da floresta amazônica.

O primeiro episódio de ‘Aruanas’ também será exibido na TV. Na Globo, vai para o ar no dia 20 de julho, às 23h40, com repetição no dia seguinte, às 15h40. No Globo Now, a exibição está marcada para o dia 23 de julho, às 23h. A série completa pode ser vista exclusivamente em aruanas.tv.

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.