Homem é preso por matar mulher e esconder corpo em lote de BH

0
332

Na semana em que se comemora a Não-Violência Contra a Mulher, a Delegacia de Homicídios de Contagem soluciona o assassinato de Lucilene Carla da Silva Aniceto Mendes, de 36 anos, cujo corpo foi encontrado no último sábado, num lote vago, no Bairro Buritis, Região Oeste de Belo Horizonte. O autor do crime é o marido dela, o caminhoneiro Marcelo Silveira Miguez Mendes, de 42.

O corpo foi encontrado por um vendedor ambulante de redes, que resolveu entrar no lote, na Rua Rubem Caporale. Foi quando percebeu uma lona preta, onde0 o corpo estava escondido. Ele chamou a polícia, que, segundo o delegado Daniel Buchmuller, já investigava o desaparecimento de Lucilene. Junto do corpo, os policiais encontraram uma carteira de motorista e um telefone anotado, justamente o do marido.

Nas investigações, os policiais descobriram que Lucilene queria se separar. Além disso, uma amiga da vítima recebera um telefonema do autor pedindo para ela confirmar para os policiais que elas estavam juntas em um bar, no Bairro Ouro Preto.

Segundo a Polícia Civil, Marcelo também se passou pela vítima e enviou mensagens semelhantes do celular dela para os familiares. Mas haviam muitos erros de português, o que não era comum nas mensagens de Lucilene. A partir daí, os policiais confirmaram a autoria do crime.

O casal tinha um filho, de seis anos, que hoje está com a irmã do criminoso.

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.