No país dos “Mimimis” Anitta, Luisa Sonza e Ludmilla cancelam participação em DVD de Nego do Borel

0
236

Em um país em que tudo vira polemica o bicho pegou mesmo para Nego do Borel. Depois de se envolver em polêmicas, culminando com o caso de transfobia contra Luísa Marilac, o cantor está sendo ‘castigado’ até pelos amigos. Anitta já deu um pito nele em suas redes sociais e decidiu não participar da gravação do DVD do artista que será gravado no próximo dia 29, no Rio de Janeiro.

Também pularam fora do barco, ou melhor, do DVD, outras duas convidadas de peso: Luisa Sonza e Ludmilla. Nos Stories do Instagram, o funkeiro falou sobre a situação em seu Instagram: “Queria agradecer também, do fundo do meu coração, as minhas irmãs Ludmilla e Luísa Sonza que não vão poder participar do meu DVD. Eu super entendo, está tranquilo”.

Em comunicado oficial, a assessoria de imprensa de Luísa não liga a negativa dela dela às questões que têm tirado o sono de Nego do Borel: “A participação da cantora e compositora Luísa Sonza no novo DVD do cantor Nego do Borel não havia sido autorizada pelo departamento artístico da gravadora Universal Music. Os motivos são os planos de lançamento de Luísa para este ano: eles estão trabalhando nisso desde ano passado e já possuem muita coisa adiantada em 2019”.

Já a própria vítima de toda história, Marilac pediu o fim do ‘linchamento’ do cantor em vídeo exclusivo mostrado no programa ‘A Tarde é Sua’, na Rede TV!: “Não quero que ninguém me aceite, quero que me respeitem, porque o respeito é a base de tudo pra convivência pacífica e para um mundo melhor. Acho que o Borel foi muito desumano e incorreto comigo.

Opinião do editor:

Por incrível e assustador que pareça tudo isso ocorreu por um elogio e não por discriminação, uma vez que ninguém tem a obrigação de saber se uma pessoa foi operada de mudança de sexo ou não! Como a própria pessoa tem essa obrigação de se explicar.

Marilac ficar chocada e fazer todo esse estardalhaço em uma questão não ofensiva, tornando um elogio em ofensa, mostra o grau de “mimimi” que certos setores da sociedade se encontram no Brasil.

Uma pergunta que não quer calar, por que a comunidade LGBT não luta de fato pelos direitos fundamentais e contra o crime de ódio que sofrem diariamente e pelas vitimas assassinadas? Querem respeito? Então devia se dar e correr atras de justiça contra tais crimes e não é coisas tao baixas!  em vez que quererem voltar a mídia por questões tao pequenas isso nem Deus será capaz de explicar e sim lamentar!

Lamentável que essas artistas cancelaram suas performasses e não trataram de promover o apoio e não a descriminação que a própria comunidade LGBT promove!

Fracas e covardes!

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.